Abrir Menu

3 vantagens que só a Nutrição Clínica possui

A Nutrição Clínica possui algumas características particulares que se destacam de alguns segmentos. Veremos então 3 vantagens que só ela pode oferecer.


Cada dia mais as pessoas se preocupam com a saúde e isso acaba gerando uma conscientização na alimentação. Dê uma olhada em quantos sites há na internet com o objetivo de receitar uma dieta maravilhosa para mil e um objetivos.

Muitos esquecem que não pode haver generalizações quando o assunto é alimentação, ainda que duas pessoas tenham a mesma altura e o mesmo peso. A alimentação pode muitas das vezes ser receitada de maneira diferente, levando em consideração as especificidades de cada um e os objetivos.

Alguém pretendo ganhar massa muscular também passa pelo mesmo processo, desejando um bom resultado na academia e sabendo que para alcança-lo deverá ter uma alimentação balanceada, vai até a internet buscar o melhor para si mesmo, sem ao menos procurar um profissional da área.

Não importa quais são os objetivos, se é perda de peso ou ganho de massa muscular, cada pessoa é única, assim como o seu corpo. O melhor é sempre evitar essas generalizações dos cardápios que estão bombando na internet. Às vezes, aparentemente, pode até funcionar esta formula mágica, contudo, internamente poderá fazer um mal ao corpo que só irá ser descoberto anos mais tarde.

Até este ponto estou apenas falando de nutrição em aspectos gerais e somente até aqui já deu para se ter uma ideia de tamanha importância ela tem. Imagina agora a nutrição clínica e o quanto ela é necessária para o paciente.

O que é nutrição Clínica?

O profissional em nutrição clínica é responsável por realizar um atendimento individual e personalizado em cada paciente, com vista a dar um diagnóstico preciso.

O interessante desta área é a harmonia que precisa haver entre a equipe de saúde, porque o nutricionista precisa da parceria de todos do setor para chegar a melhor alimentação que o paciente precisará ter.

Esta multidisciplinaridade é benéfica para o paciente que receberá um cardápio rico para suas necessidades alimentares.

Nutrição Clínica Hospitalar vs Ambulatorial

A diferença entre estas duas formas de nutrição clínica já está no anunciado, pois enquanto a nutrição clínica hospitalar cuida de pessoas que se encontram hospitalizada, a nutrição clínica ambulatorial se dedicará as pessoas que se encontram no ambulatório.

Os profissionais, atuantes na área, serão responsáveis pelos hábitos alimentares dos pacientes, podendo até algumas vezes ter que haver uma intervenção de emergência realizada pelo nutricionista.

 

3 Vantagens da Nutrição Clínica

Para o restabelecimento da saúde do paciente, é necessária uma alimentação que supra as faltas de nutrientes do seu organismo.

Dentre várias vantagens que a nutrição clínica tem, vamos enumerar apenas três que somente ela possui.

 

1º Alimentação personalizada

Como já foi dito acima, o nutricionista irá analisar cada caso com a finalidade de prover o melhor cardápio nutricional para o paciente.

Se os cardápios que prometem milagres na internet já não são bons para as pessoas que só querem emagrecer ou ganhar massa muscular, imagina para aquelas já debilitadas e internadas que precisam ser tratadas de acordo com suas peculiaridades.

Em conjunto com o médico, o nutricionista irá analisar os nutrientes necessário para que o paciente seja melhor atendido.

 

 

 

2º Restabelecimento da saúde mais rápido

Com a alimentação personalizada é possível que a saúde seja restabelecida com mais rapidez. Dependendo qual seja os objetivos nutricionais e qual o problema de saúde, o profissional buscará o melhor para que o paciente se recupere o mais rápido possível.

Como por exemplo, um pós-operatório de bariátrica, antes da cirurgia o paciente necessitava de uma alimentação para que ele ficasse de acordo com o quadro clínico para a cirurgia. Após a cirurgia o nutricionista deverá ter por objetivo suprir suas necessidades nutricionais.

O profissional acompanhará todo o processo, como no exemplo acima e em muitos outros casos.

 

3º Sabor saudável

As pessoas costumam reclamar da comida dos hospitais que em muitos casos são ruins mesmo. Contudo, existe também muitos vícios alimentares que são prejudiciais a saúde e quando eles são cortados, a pessoa acredita estar se alimentando mal.

Uma pessoa que tem o costume de comer muito sal no dia a dia, quando ficar internada (possivelmente por causa do excesso de sal) dirá que a comida é ruim pelo simples fato de acha-la insossa.

O nutricionista irá passar um cardápio individualizado para o paciente, de acordo com os seus gostos e, principalmente, levando em consideração suas necessidades nutricionais.

Um hospital ou ambulatório com nutricionista clínico proporciona um ótimo atendimento para seus pacientes com alimentos de primeira qualidade.

 

Por Comunicação IEPG - Pós-Graduação


Voltar