Abrir Menu

Cosmecêuticos para uso externo com propriedades positivas e duráveis para saúde

O estudo da Cosmetologia revela muito sobre o uso e a fabricação de produtos para embelezar e manter cuidados com a saúde, conheça mais sobre os Cosmecêuticos.


Cosmético ou Fármaco? O estudo da Cosmetologia revela muito sobre o uso e a fabricação de produtos para embelezar e manter cuidados com a saúde, conheça mais sobre os Cosmecêuticos.

O termo Cosmecêutico foi estabelecido por Albert Kligman, renomado professor de dermatologia da Universidade de Pensilvânia, no National Scientific Meeting of the Society of Cosmetic Chemists (1984) referenciando-se a produtos aplicados topicamente que não são meramente cosméticos (que enfeitam ou camuflam a pele), pois são capazes de alterar o status da pele, não sendo considerados medicamentos.

COSMÉTICOS

FÁRMACO

Produto que pretende embelezar e promover a atratividade

Produto Usado no diagnóstico, tratamento e prevenção de doença;  Altera a estrutura e o funcionamento do organismo

 

Os Cosmecêuticos são a fusão desses dois (cosmético + fármaco) que possui propriedades farmacêuticas através do uso de princípios ativos eficazes, hoje vemos o uso deles por várias pessoas que procuram o melhoramento não só nos aspectos físicos, mas em manter  boa aparência e bem- estar.

Veja alguns Cosmecêuticos usados quase que diariamente por pessoas que já são adeptas a esses tipos de tratamentos.

Dermocosmético, Cosmético funcional, Cosmético de desempenho e Cosméticos Ativos, todos eles com suas especificações têm funções mais complexas de que apenas limpeza e embelezamento, as modificações em todos são positivas e duráveis para a saúde de quem começa a utilizar tais produtos.

Esse assunto e muito mais são temas expostos na nossos cursos de pós graduação  em Saúde Estética, Cosmetologia e Farmácia Magistral, todos eles com plano de descontos e pagamentos para você dar aquele up na sua carreira.

 

 

 

Por Comunicação IEPG - Pós-Graduação


Voltar